MotoGP: Dovizioso acaba com o jejum de vitórias da Ducati em Misano

Andrea Dovizioso (Lusa)
Andrea Dovizioso (Lusa)

Andrea Dovizioso venceu este domingo o GP de São Marino, que teve lugar no Circuito de Misano, terminando com o jejum de vitórias da Ducati naquela pista.

A marca de Borgo Panigale não vencia em Misano desde 2007, altura em Casey Stoner levou a Ducati à vitória.

Na largada Jorge Lorenzo que saiu da pole position assumiu o comando da corrida trazendo na sua roda Jack Miller, Marc Márquez e Andrea Dovizioso. O italiano da Ducati não demorou muito a chegar à terceira posição ultrapassando Márquez na curva oito ainda na primeira volta.

Num inicio de corrida bastante animado, Dovizioso acabaria por chegar ao segundo lugar, com Jack Miller a cair rapidamente para quarto ao ser ultrapassado por Márquez.

O australiano da Pramac não ficou muito tempo em pista já que sofria uma queda e permitia que Alex Rins subisse ao quarto lugar, deixando para trás Maverick Viñales.

A Yamaha voltava a mostrar muitos dificuldades com Viñales a não conseguir acompanhar o ritmo dos da frente e Valentino Rossi enfiado neste inicio de corrida na luta pelo oitavo lugar.

À entrada da quinta das 27 voltas da corrida, Dovizioso atacou o seu companheiro de equipa para assumir rapidamente a liderança da prova. As duas Ducati estavam na frente com Márquez na terceira posição, enquanto nas luta pelos restantes lugares era a vez de Viñales ser ultrapassado por Cal Crutchlow, que se colava à roda da Suzuki de Rins.

A corrida estava quente entre os três primeiros e Dovizioso começava a conquistar uma ligeira vantagem para Lorenzo e Márquez. O espanhol da Honda não parecia interessado em deixar fugir Dovizioso e rapidamente começou a atacar o segundo lugar de Lorenzo.

A tarefa não estava fácil para o líder do campeonato que só a 13 voltas do fim  da corrida conseguiu despachar-se de Lorenzo na curva 14 e dando inicio a uma luta intensa pela segunda posição que permitiu a Dovizioso garantir uma vantagem superior a 2s na frente da corrida.

No entanto Jorge Lorenzo não parecia interessado em deixar fugir o segundo lugar no GP de Misano e a oito voltas do final voltou a ultrapassar Márquez regressando assim à segunda posição.

A cinco voltas do final, Dovizioso começou a perder fôlego e a vantagem que chegou a ser de quase 2,5s para os seus mais diretos perseguidores era agora de 1,2s.

O golpe de teatro aconteceu na penúltima volta da corrida quando Jorge Lorenzo sofreu uma queda e deixou a segunda posição nas mãos de Marc Márquez, enquanto Cal Crutchlow subia a terceiro, na frente de Rins e Viñales que fecharam o top cinco.

Dovizioso estreava-se assim a vencer em Misano, com Márquez em segundo e a consolidar a liderança do campeonato.

Com estes resultados o piloto espanhol da Honda manteve o comando do campeonato agora com 221 pontos, enquanto Dovizioso subiu ao segundo lugar com 154 pontos. Já Valentino Rossi, que terminou o GP de São Marino na sétima posição, caiu para o terceiro lugar com 151 pontos.

A próxima ronda do campeonato é o GP de Aragão que terá lugar a 23 de setembro.

Classificação do GP de São Marino de MotgoGP

 

Filme da corrida aqui.

Comentários

Veja mais