Rali de Viana do Castelo suspenso e retoma domingo

  • Redação Autoportal
Atropelamento mortal no Rali de Viana do Castelo
Atropelamento mortal no Rali de Viana do Castelo. (Reprodução Facebook/André Lopes)

O Rali de Viana de Castelo ficou marcado este sábado pela morte de um espectador resultante do despiste de um concorrente na PEC 1 da prova.

Em comunicado o  Clube Automóvel de Santo Tirso, entidade organizadora da prova, já anunciar a suspensão do rali no final da primeira das três rondas pelos troços de sábado. "Trata-se de um passo inevitável a dar perante a perda de uma vida humana", refere o comunicado.

A mesma nota avança que "depois de um longo processo de reflexão que envolveu a Câmara Municipal de Viana do Castelo, Clube Automóvel de Santo Tirso e Colégio de Comissários Desportivos da prova, bem com os agentes de segurança, foi decidido que o rali será retomado no domingo de manhã conforme inicialmente previsto às 9 horas".

O Clube Automóvel de Santo Tirso acrescenta ainda que o Rali de Viana do Castelo "tem reunidas todas as condições de segurança exigíveis para uma prova de estrada desde o seu arranque. Contudo temos consciência que o desporto automóvel envolve riscos, os quais se tentam minimizar ao máximo com o alargado dispositivo de segurança que a prova possui. A comissão organizadora da prova apresenta as mais sentidas condolências à família do espectador falecido".

De acordo com dados da organização, a cargo do Clube Automóvel de Santo Tirso, em parceria com a autarquia local, o Rali de Viana do Castelo contava este ano com "recorde de inscritos", num total de 84 pilotos, entre eles o campeão nacional de Ralis GT 2017, Vítor Pascoal, e os tricampeões Fernando Peres e Adruzilo Lopes.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais