Moto2: acidente com Miguel Oliveira vale penalização a Simone Corsi

  • Redação Autoportal
VÍDEO: Miguel Oliveira abalroado após a bandeira de xadrez

O piloto italiano Simone Corsi (Tasca Racing) que provocou o acidente com Miguel Oliveira no final do GP da Catalunha, vai ter de sair do último lugar da grelha de partida na próxima ronda do Mundial de Moto2.

A decisão foi tomada pela Direcção de Corrida, que penalizou o piloto italiano pelo descuido que provocou o acidente já depois dos dois pilotos terem cortado a linha de meta e por isso Corsi vai sair de último para o GP da Holanda que terá lugar a 1 de julho.

Recorde-se que Simone Corsi abalroou perto do final da longa recta da meta Miguel Oliveira, que havia terminado a prova em segunda e estava já em natural fase de desaceleração. Um embate forte que felizmente não trouxe consequências de maior para os dois pilotos.

Escutado pela Direcção de Corrida, o piloto italiano explicou que o acidente com Miguel Oliveira foi resultado de um descuido. “Olhei para a ecrã do circuito e não me apercebi que o Miguel estava à minha frente”, disse Simone Corsi.

Comentários

Veja mais