Fernando Alonso: "No meio da grelha alguns pilotos preferem bater"

  • Redação Autoportal
Fernando Alonso
Fernando Alonso.

Foto Twitter McLaren F1

Fernando Alonso está preocupado com a condução "agressiva" revelada pelos seus adversários na primeira volta do último GP do Azerbaijão de Fórmula 1 e veio agora deixar claro que é necessário uma mudança de atitude.

O piloto da McLaren foi atingido pelo Williams, de Sergey Sirotkin, depois do Renault de Nico Hulkenberg, ter batido no carro do piloto russo na terceira curva da volta de abertura do GP do Azerbaijão.

O MCL33 de Alonso ficou com danos da asa dianteira e dois furos, o que obrigou o espanhol a arrastar-se para as boxes. Contudo o piloto da McLaren acabaria por aproveitar os problemas da corrida e a entrada em cena por duas vezes do Safety Car para recuperar até ao sétimo lugar da classificação final.

"No meu ponto de vista, tudo poderia ter acontecido de forma diferente. A verdade é que quando se começa uma corrida a meio da grelha, ninguém levanta o pé. E alguns pilotos quando sabem que vão falhar preferem bater no adversário, do que levantar o pé e perder terreno”, sublinhou Alonso citado pelo «Crash.net».

O bicampeão mundial questionou deste modo a condução dos seus rivais, mas sempre foi lembrando que espera evitar uma situação semelhante no futuro conquistando um lugar melhor na grelha de partida.

"O acidente na primeira volta foi muito agressivo. Parecia que estávamos numa corrida de apenas uma volta. Foi uma vergonha que comprometeu a corrida de alguns pilotos, o que já não acontece se conseguir qualificar-me para as primeiras duas ou três linhas da grelha de partida, onde normalmente, essas situações não acontecem ", acrescentou Fernando Alonso.

 

Comentários

Veja mais