Christian Horner: “ Ricciardo temeu acabar como escudeiro de Verstappen”

  • Redação Autoportal
Christian Horner e Daniel Ricciardo (Reuters)
Christian Horner e Daniel Ricciardo (Reuters)

Christian Horner ainda não percebeu a razão quer levou Daniel Ricciardo a trocar a Red Bull pela Renault no final da presente temporada.

O responsável da Red Bull na Fórmula 1 veio agora deixar claro que a equipa “atendeu a todas as exigências” do piloto australiano, que ainda assim acabou por assinar pela Renault.

Horner acredita que Daniel Ricciardo tomou a opção de deixar a equipa porque temia acabar como escudeiro de Max Verstappen.  

“O Daniel disse que tomou a decisão após a longa viagem para os Estados Unidos, e que queria uma mudança”, disse Horner, em entrevista ao podcast oficial da F1. “Se olharmos para a decisão de uma forma racional, percebemos que é difícil entender esta opção”, acrescentou o diretor da equipa da Red Bull.

Christian Horner sublinhou ainda que seria mais fácil entender se a decisão de Ricciardo fosse sair “para a Ferrari ou Mercedes”, mas acrescentou que a ida para a Renault, que luta pelos lugares do meio do pelotão da Fórmula 1 é “um enorme risco nesta fase da sua carreira”.

O diretor da Red Bull apesar de surpreendido acrescentou que respeita a decisão de Ricciardo em “ter um papel de líder, talvez num ambiente de menor dimensão. A competição entre ele e o Max é intensa. Acho que Daniel decidiu que era o momento certo para sair e tentar algo diferente. Demos ao Daniel tudo o que ele queria e o que ele pediu, e ainda assim não foi suficiente para ficar Red Bull”.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais