F1: Lewis Hamilton vence GP de Singapura

Lewis Hamilton (Reuters)
Lewis Hamilton (Reuters)

Lewis Hamilton alcançou este domingo a 69.ª vitória da sua carreira ao vencer o GP de Singapura.

Numa corrida que dominou de inicio a fim, Hamilton que saiu da pole position assumiu de imediato o comando da corrida, com Sebastian Vettel a ultrapassar Max Verstappen e a subir ao segundo lugar.

Mais atrás os dois pilotos da Racing Point Force India, Sergio Pérez e Esteban Ocon,  protagonizaram um toque que terminou com o francês a bater no muro e a ser forçado a abandonar. Um acidente que obrigava à entrada do Safety car em pista.

A prova foi reatada à quinta volta das 61 e Hamilton manteve a liderança com um ritmo forte conseguindo uma ligeira vantagem sobre Vettel que tinha Verstappen na terceira posição.

A passagem da 15.ª volta, Vettel foi o primeiro a realizar a troca de pneus optando por ultramacios. O alemão regressou à pista em  sétimo com Sérgio Perez na sua frente.

Na volta seguinte foi a vez de Hamilton realizar a troca de pneus, optando por macios. O líder da corrida  nesta fase era Max Verstappen, que ainda tinha de trocar de pneus.

No regresso à pista Hamilton desceu a quinto, mas conseguiu sair na frente de Perez e Vettel, que era sétimo. Já Verstappen só parou na volta 18 e o holandês voltou à pista em quarto na frente de Vettel, começando de imediato a ganhar tempo ao alemão da Ferrari, que parecia não conseguir acompanhar o bom ritmo do Red Bull.

A estratégia diferente da Ferrari, ao fazer entrar mais cedo Vettel, acabava assim por revelar-se pouco acertada, já que o piloto alemão acabaria assim por perder a segunda posição. 

Na liderança da corrida estava agora Daniel Ricciardo, que só trocou de pneus à passagem da volta 28, o que permitiu a Hamilton regressar ao comando da corrida para não mais o largar.

O britânico ainda viu os seus mais diretos adversários chegarem perto à passagem da volta 33 quando iniciou as dobragens, o que permitiu a Verstappen, por momentos, ficar colado à traseira do Mercedes de Hamilton.

Tudo por causa da luta entre Grosjean e Sirotkin que acabou interferir na luta pela liderança. Os dois pilotos estavam na frente de Hamilton, que se preparava para os ultrapassar e não facilitaram. Por causa desse comportamento os comissários entenderam que Grosjean ignorou as bandeiras azuis enquanto lutava pela posição e foi punido em 5 segundos.

Depois de ultrapassados os pilotos mais lentos, Hamilton voltou a abrir na frente para conquistar a vitória no GP de Singapura relegando Max Verstappen para a segunda posição, enquanto Sebastian Vettel foi terceiro na frente de Bottas e Raikkonen que fecharam o top cinco. Já Daniel Ricciardo terminou na sexta posição a 53,982s do vencedor.

Nota ainda para Fernando Alonso que foi o único dos restantes pilotos na mesma volta do líder, terminando o GP de Singapura em sétimo, o melhor registo do piloto espanhol da McLaren desde abril.

Com estes resultados, Hamilton é mais líder do campeonato e soma agora 281 pontos, mais 40 que Sebastian Vettel que tem 241, enquanto Kimi Raikkonen é terceiro com 174 pontos.

A próxima ronda do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 é o GP da Russia que tem lugar a 30 de setembro

Classificação do GP de Singapura de F1

 

Veja aqui o Filme da corrida.

 

Comentários

Veja mais