Circuito de Hockenheim pode deixar a F1 em 2019

  • Redação Autoportal
Circuito de Hockenheim
Circuito de Hockenheim

A permanência do circuito de Hockenheim no Mundial de F1 pode estar em causa a partir da próxima temporada. Tudo porque os responsáveis pelo traçado alemão querem condições mais vantajosas para continuar a receber o Campeonato do Mundo de F1 e náo querem não querem continuar a perder dinheiro.

Apesar de não fecharem as portas a um entendimento quanto ao futuro, até porque o atual contrato termina no final de 2018, o  diretor de marketing do circuito germânico, Jorn Teske afirmou que: “Pretendemos receber a F1 no futuro,  mas o ponto-chave é que não podemos continuar com as atuais condições. Gostaríamos de ter um contrato que nos livrasse dos riscos e isso é um ponto essencial. Não nos referimos ao pagamento de uma valor monetário para receber o GP da Alemanha, mas sim de um novo contrato em que não temos mais nenhum tipo de risco. Isto porque temos um circuito que não recebe nenhum apoio financeiro, nem do estado, nem da região, nem de empresas Tivemos algumas perdas no passado. Para além disso cumprimos com o contrato de 10 anos, mesmo tendo alguns anos melhores e outros piores. Não podemos é  continuar nos mesmos moldes como até aqui.”

Teske explicou ainda o que a administração do circuito de Hockenheim pretende e que passa por uma parceria com os organizadores do Mundial de F1. “Temos de reestruturar o modelo de negócios. Isso pode passar por alugar a pista à F1 ou a um promotor, ou então uma divisão das receitas e dos custos. Já fizemos saber quais as nossas ideias, apresentamos os números, de uma forma transparente e muito clara e agora eles têm que pensar no que fazer. Caso não seja possível teremos de sair da F1”.

A posição dos responsáveis pelo circuito de Hockenheim surge depois de ter sido revelado que o GP de Miami que deverá entrar no calendário em 2019 tem um acordo diferente, com divisão de riscos e sem necessidade de pagar para receber o Campeonato do Mundo de F1. 

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais