Moto2: Miguel Oliveira termina treinos livres com o 17.º tempo

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira

Não está fácil a vida de Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo) em Mugello, depois do piloto português ter alcançado esta manhã o 18.º melhor tempo na última sessão de treinos livres para o GP de Itália, sexta ronda do Mundial de Moto2.

Miguel Oliveira não conseguiu melhorar o seu melhor registo alcançado na segunda sessão de treinos livres de sexta-feira o que faz com que na tabela combinada, o piloto português termine os treinos livres com o 17.º melhor tempo a 0,673s do topo da folha de tempos.

O piloto português que nunca foi além do 15.º lugar da tabela de tempos na última sessão de treinos livres, realizou três saídas para a pista efetuando um total de 16 voltas, e alcançando a sua melhor volta nesta sessão em 1m52,944 na segunda saída para a pista, mas não conseguindo melhorar o tempo de sexta-feira de 1m52,741s.

O melhor registo nesta derradeira sessão foi alcançado por Mattia Pasini (Italtrans Racing Team) ao realizar o tempo de 1m52,068s, melhorando o registo alcançado na sexta-feira o que permitiu ao piloto italiano terminar os treinos livres no topo da tabela dos tempos combinados.

Já Joan Mir (Marc VDS) acabou por alcançar o segundo melhor registo, a 0,056s, na frente de Sam Lowes (Swiss Innovative Investors) que terminou os treinos livres a 0,058s do líder da tabela de tempos combinada, não se livrando de uma queda no final da TL3.

Miguel Oliveira e os restantes pilotos de Moto2 regressam ao circuito de Mugello às 14h05, hora de Portugal continental,  para a sessão de qualificação do GP de Itália.

Tempos combinados dos TL3 para o GP de Itália de Moto2:

 

Comentários

Veja mais