Miguel Oliveira: “Estou um pouco frustrado por não termos melhorado ”

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira. GP de Espanha

Miguel Oliveira entrou em pista pela manhã para a primeira sessão de treinos livres, realizando uma série de voltas rápidas que o fizeram conseguir tempos sempre dentro do top 5. Depois de uma passagem pelas boxes para alterar a configuração da sua KTM e mudar pneus, foi seu o melhor 5º tempo no final da FP1, 1m43,208s, a 0,372s do lugar cimeiro da folha de tempos.

À semelhança dos treinos matinais, a sessão da tarde foi marcada por  bastante calor, com as temperaturas do asfalto a rondar os 40ºC. Sentindo alguma resistência na sua KTM, o piloto português fez duas passagens pelas boxes, acabando por terminar dentro do top10, e fechar a FP2 nos 1m43,268s, o seu melhor tempo nesta sessão.

 “Foi uma sexta-feira complicada e mais difícil do que esperava. Especialmente de manhã, estava muito vento e a pista tinha pouca aderência. À tarde melhorou, mas mesmo assim não encontrámos uma configuração com a qual seja fácil para mim andar bem com a moto. Existem diferentes questões a serem abordadas face às que encontrámos na pré-temporada; antes era questão de aderência e agora é mais sobre confiança com o front end.

Apesar de tudo não melhorámos da manhã para a tarde, e por isso estou um pouco frustrado. Vamos tentar continuar a melhorar para sábado. Já temos algumas ideias sobre o que mudar - algo que já tínhamos tentado no teste, então a prioridade agora é encontrar uma configuração que nos faça andar mais rápido”, afirmou Miguel Oliveira

A terceira e última sessão de treinos livres de Moto2, tem lugar no sábado às 9h55 (hora de Portugal continental). Já a sessão de qualificação tem hora marcada para as 14h05.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais