Miguel Oliveira: “Tenho ritmo para a corrida e posso ser consistente”

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira

Miguel Oliveira terminou este sábado a qualificação para o GP de Espanha a 0,648 segundos da pole position no circuito de Jerez – Ángel Nieto.

Embora com uma terceira sessão de treinos livres ainda a espelhar as questões técnicas sentidas pelo piloto português na sexta-feira, Miguel Oliveira conseguiu superar os tempos registados nas duas sessões de treinos livres da véspera, fixando a sua marca nos 1m42,806s.

Com o tempo quente e seco, e o asfalto a ascender aos 44ºC, a marcarem a sessão de qualificação. Miguel Oliveira rodou consistentemente em 1m42s, tendo efetuado duas paragens nas boxes – uma delas para mudar pneus. A cerca de 5 minutos do final da sessão de qualificação, entre várias voltas lançadas, o piloto da KTM Ajo acabou por perder a frente da sua KTM e um low side atira-ou para o asfalto, sem gravidade. Fechando a sessão de qualificação com o 14º tempo, nos 1m42,573s.

 “Tenho ritmo de corrida para domingo, e posso ser consistente e não cometer muitos erros, mas tenho perdido um pouco de velocidade até agora neste final de semana. A moto está a funcionar muito bem e a equipa ajudou-me muito a melhorar. Se tivesse conseguido ir dois décimos mais rápido teria garantido um lugar três filas mais à frente”, afirmou Miguel Oliveira no final da qualificação.

O piloto português tem assim a estratégia bem estudada para a quarta ronda do Mundial de Moto2. “Domingo vamos tentar ganhar o máximo de posições possíveis e evitar incidentes na primeira curva. No final da corrida vai estar muito calor e o nível vai cair muito, penso que é uma questão de ser consistente e fazer o máximo a cada volta, a cada décimo, para subir tantos lugares quanto pudermos. Espero que possamos fazer isso e conseguir um bom resultado”.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais