MotoGP: Suzuki abandona projeto de equipa satélite em 2019

  • Redação Autoportal
Alex Rins e Andrea Iannone
Alex Rins e Andrea Iannone

A Suzuki colocou um travão na  possibilidade de vir a contar com uma equipa satélite no MotoGP em 2019, deixando assim a porta aberta para a Marc VDS venha a assinar uma parceria com a Yamaha para a próxima temporada.

Segundo avança o «Motosport.com» a decisão foi tomada pela casa de Hamamatsu, contrariando assim a intenção revelada pelo homem forte da Suzuki no MotoGP, Davide Brivio, que no inicio da nova temporada se mostrava otimista quanto à criação de uma equipa satélite e em ter assim mais duas GSX-RR na grelha de partida em 2019.

Esta decisão deixa assim poucas opções à Marc VDS, depois da equipa belga ter anunciado a sua intenção de deixar a Honda no final da presente temporada. Com esta decisão da Suzuki a Marc VDS parece cada vez mais perto de assumir um acordo de fornecimento de motos com a Yamaha para a próxima temporada.

Por seu lado a Yamaha vê com bons olhos essa possibilidade de parceria com a Marc VDS até porque é sabido o interesse da marca nipónica em Franco Morbidelli, devido às suas ligações com a academia VR46 de Valentino Rossi.

Comentários

Veja mais