Miguel Oliveira foi segundo no GP Áustria

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira

O piloto português Miguel Oliveira, aos comandos de uma KTM, foi hoje segundo classificado no Grande Prémio da Áustria de Moto2, e perdeu a liderança do Mundial de motociclismo de velocidade após 11 provas.

No circuito de Spielberg, Oliveira partiu do segundo lugar da grelha de partida e liderou a prova quase até ao final, com uma corrida quase perfeita já que pressionado pelo italiano Francesco Bagnaia perdeu na última curva a vitória nesta ronda do campeonato.

O piloto português realizou uma boa largada assumindo o comando desde a primeira curva, com Bagnaia e Quarataro a tocarem-se na curva 1. Jorge Navarro era o segundo, à frente Bagnaia, que quase conseguia escapar do toque com Quartararo e perdeu apenas uma posição. Márquez e Pasini fechavam o top cinco.

O ritmo de Oliveira era demolidor na frente da corrida e Bagnaia sabia que não podia deixar o piloto português fugir e acabou por ultrapassar Navarro e disparar para encurtar a diferença que o separava de Miguel Oliveira .

A 15 voltas do fim a luta pelos lugares do pódio animava com quatro pilotos na luta pela terceira posição. Pasini pressionava Márquez, que ia segurando a posição, enquanto Jorge Navarro começava a andar para trás, depois de um excelente inicio de corrida.

Na frente o duelo entre Oliveira e Bagnaia ficava mais quente com os dois pilotos mais juntos. A liderança do mundial estava em jogo e os pilotos não pareciam querer baixar o ritmo, deixando que tudo se iria decidir na última volta.

Isto numa altura em que Luca Marini, quinto, era penalizado com a perda de uma posição por ter excedido demasiadas vezes os limites da pista.

Na luta pela vitóeria Bagnaia parecia estar a gerir a corrida, à espera do momento certo para atacar a liderança.

O primeiro ataque de Bagnaia aconteceu a quatro voltas do final com o italiano a ultrapassar Oliveira mas saía largo e o piloto português respondia. Duas curvas depois o italiano tentava a mesma manobra e a luta estava acesa, com Miguel Oliveira a regressar ao topo da corrida logo a seguir.

Na penúltima volta, Bagnaia lançou novo ataque mas mais uma vez Miguel Oliveira respondeu e entrou na última volta na liderança da corrida. O piloto de Almada lutou 'metro a metro' nos instantes finais com Bagnaia, que o ultrapassou Miguel Oliveira na última curva. O piloto da KTM ainda tentou responder mas saiu largo e acabou por cortar a linha de meta no segundo lugar numa corrida verdadeiramente espetacular.

A terceira posição acabou nas mãos de Luca Marini, que viu Álex Márquez cair na última curva, quando tinha o lugar mais baixo do pódio assegurado.

Com este resultado Francesco Bagnaia regressou ao comando do campeonato, com 189 pontos, mais três do que Miguel Oliveira, agora segundo, com 186. A próxima ronda do Campeonato do Mundo de Moto2 é o GP da Grã-Bretanha que terá lugar a 26 de agosto.

Classificação do GP da Áustria de Moto2

Filme da corrida

 

Comentários

Veja mais