Miguel Oliveira: "Minimizei as perdas do campeonato"

Miguel Oliveira (Ajo Motosport)
Miguel Oliveira (Ajo Motosport)

O piloto português Miguel Oliveira terminou este domingo o segundo lugar o GP de São Marino de Moto2, e ficou a oito pontos do líder do campeonato, o italiano Francesco Bagnaia, que somou o sexto triunfo da temporada em Misano.

O piloto da KTM, que partiu da nona posição da grelha, realizou uma corrida notável até chegar ao segundo lugar, acabando contudo por não conseguir lutar pela vitória com Bagnaia, que depois de ter saído da pole position, abriu rapidamente uma vantagem na frente que lhe garantiu uma prova livre de percalços até ao fim.

“Sabíamos que seria difícil bater o Francesco Bagnaia. Dei o meu melhor. O nosso ritmo era muito semelhante, mas ele talvez fosse uns décimos mais rápido”, afirmou Miguel Oliveira, no final da corrida.

O português explicou que "nas primeiras voltas" não conseguiu "acompanhar o ritmo" do líder da corrida. “Mas, estou no pódio, minimizei as perdas do campeonato. Ainda será um longo caminho. Serão boas corridas para nós e acredito que voltaremos ao lugar a que pertencemos", acrescentou o piloto português da KTM Ajo.

Este foi o oitavo pódio da temporada para Miguel Oliveira, o terceiro consecutivo, depois da vitória na República Checa e do segundo lugar na Áustria.

Após o GP de São Marino, Miguel Oliveira é segundo no campeonato do mundo de Moto2, com 206 pontos, e a oito de Francesco Bagnaia, com quem vai discutir o título. O terceiro, Brad Binder, tem apenas 119 pontos.

A próxima corrida do Mundial de Moto2 disputa-se dentro de duas semanas, no circuito espanhol de Aragão.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais