Miguel Oliveira: “No início da corrida não consegui estar ao ritmo dos da frente”

  • Redação Autoportal
Miguel Oliveira
Miguel Oliveira. GP de França

Miguel Oliveira terminou o fim-de-semana mais difícil da temporada até ao momento com 6º lugar em Le Mans, França. O piloto da Red Bull KTM Ajo com este registo consegue a sua melhor posição conquistada no GP de França e ascende assim à segunda posição na classificação geral, a 25 pontos do líder do Campeonato.

Tendo saído da quarta linha de grelha, Miguel Oliveira conseguiu fazer um bom arranque, completando a volta de abertura na quinta posição. Várias manobras de ultrapassagem ocorreram entre o piloto de Almada e outros pilotos, incluindo o seu colega de equipa Brad Binder.

No final Oliveira terminou a lutar com Xavi Vierge pela quinta posição. "Estou satisfeito com o nosso sexto lugar porque melhorámos comparativamente ao ano passado e porque estamos em segundo na classificação do campeonato, o que é importante. O  problema para nós foi, no início da corrida, outros pilotos tinham mais aderência e conseguiram estar mais rápido. Faltou-nos velocidade e não consegui estar ao ritmo dos da frente”, começou por afirmar o piloto português em comunicado após a corrida de Le Mans.

Miguel Oliveira lembrou ainda que os problemas de aderência que no final: “Já tinha o mesmo ritmo, mas já foi tarde demais. Ainda assim, falta-nos algo e estamos a debater-nos um pouco, por isso precisamos de algo mais. Felizmente a equipa está a trabalhar empenhadamente. Agora temos um teste antes de Mugello, que tenho a certeza que será bom para nós, tanto para mim, pessoalmente, como para a mota, pois queremos dar um passo em frente. Le Mans era a prova mais difícil que tínhamos no calendário, já está feita e vamos atrás de um bom resultado em Mugello", acrescentou Miguel Oliveira.

Comentários

Veja mais