Jorge Lorenzo: "Espero que as pessoas acreditem finalmente em mim"

Jorge Lorenzo (Lusa)
Jorge Lorenzo (Lusa)

Jorge Lorenzo alcançou este domingo em Mugello a sua primeira vitória com a Ducati e para que não ficassem dúvidas sobre as suas qualidades venceu em território italiano, onde os tifosi vivem com paixão os triunfos da marca de Borgo Panigale: "Ganhar uma corrida em Mugello é especial e fazê-lo um ano e meio depois de ter chegado à Ducati é ótimo. Depois de muitas críticas, estava a ficar cada vez mais difícil, mas eu consegui” afirmou o piloto espanhol no final da corrida.

"Eu sofri muito durante este tempo e trabalhei duro, mas nunca atirei com a toalha ao chão. Puxei do meu orgulho, auto-estima e determinação. As coisas não saíam, mas aqui estou eu. As pessoas dizem que eu invento desculpas, mas quando estou errado, admito. Disseram que com o meu estilo não poderia vencer corridas com a Ducati, espero que as pessoas de uma vez por todas acreditem em mim. É um dos três dias mais felizes da minha vida " acrescentou Lorenzo.

O piloto espanhol admitiu ainda que se tivesse o material que pediu há algumas semanas, a situação teria sido diferente. É que Jorge Lorenzo tinha solicitado aos técnicos da Ducati uma mudança na posição do deposito para permitir que não tivesse de forçar as pernas para descansar os braços nas travagens com a moto. "Eu tenho um sabor agridoce na boca, porque se os engenheiros tivessem executado os meus pedidos mais cedo estou certo que a história teria sido outra e eu já tinha conquistado três ou quatro vitórias”.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais