Jorge Lorenzo: “Vamos tentar lutar pelo segundo lugar do campeonato”

  • Redação Autoportal
Jorge Lorenzo (Ducati Corse)
Jorge Lorenzo (Ducati Corse)

O GP da Áustria foi dominado por Marc Márquez, mas Jorge Lorenzo soube esperar pelo momento certo e na parte final da corrida travou uma intensa luta pela vitória com o piloto espanhol da Honda até conseguir cortar a meta no primeiro lugar.

"Foi uma tensão terrível. O coração sofreu muito, foi difícil manter a calma com Marc Márquez porque ele é muito forte nas travagens ", explicou Jorge Lorenzo.

O piloto espanhol da Ducati, que assumiu o comando logo após a largada, acabou por se ver ultrapassado por Marc Márqeuz, ainda antes do final da primeira volta e acabou por rodar na segunda posição até perto do final da corrida.

"Cada um de nós tinha estratégias diferentes para a corrida.O Márquez fez uma corrida bastante forte e eu consegui manter-me a oito décimas, e quando cheguei à primeira posição a sete voltas do final, pensei que o Marquez e o Dovizioso já não iriam conseguir deixar-me para trás".

Lorenzo que se sente cada vez melhor aos comandos da Ducati, somou a sua terceira vitória na temporada e ascendeu ao terceiro lugar do campeonato, na frente de Andrea Dovizioso que caiu para quarto.

"É muito bom ultrapassar Dovizioso. Estamos mais perto do Valentino Rossi. Faltam muitas corridas, mas o importante é que a sensação com a moto é boa e o ritmo de corrida também tem sido bom. Agora vamos tentar lutar pela segunda posição do campeonato, porque estamos a 71 pontos do Marc Márquez e vai ser muito difícil tirar-lhe pontos", concluiu Jorge Lorenzo.

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais