Equipa de testes da Dunlop vai competir em corridas reais

  • Redação Autoportal
Equipa Dunlop
Equipa Dunlop

Não é invulgar os fabricantes de pneus testarem em privado, muitas vezes em pistas de testes secretas. E a Dunlop não constitui exceção. Os seus pneus de desenvolvimento percorrem mais de 100 000 quilómetros todos os anos nas exigentes curvas do seu circuito de testes de Mireval, no sudoeste de França. Contudo, a Dunlop decidiu agora ir ainda mais longe, ao testar a sua mais recente tecnologia em corridas reais.

A marca britânica anunciou agora que a sua equipa de testes vai participar em determinadas corridas selecionadas do Campeonato de Superbike com a sua moto Yamaha de desenvolvimento. Trata-se de uma R1 de competição com especificação de 2017, dotada de algumas atualizações específicas de 2018.

“Temos alguma nova tecnologia determinante para introduzir na nossa gama Dunlop para 2019. Pese embora realizemos testes extensivos com as nossas equipas parceiras, como a Honda, a Suzuki SERT e a GMT94 Yamaha, no Campeonato do Mundo de Resistência da FIM (EWC), decidimos que também seria benéfico competirmos com a nossa própria Yamaha, por forma a obtermos resultados consistentes e repetíveis numa moto em que também temos que gerir por completo a ‘configuração’, incluindo as regulações de suspensão e da eletrónica”, afirmou Wim Van Achter, responsável pela Dunlop Motorcycle Europe.

Desta forma a Yamaha será utilizada para testar as mais recentes ideias da Dunlop para os campeonatos nacionais de Superbike e Endurance. “Estamos a trabalhar no desenvolvimento tanto de pneus dianteiros como traseiros – incluindo novos materiais e compostos. 

A Dunlop acredita que testar os pneus de desenvolvimento em corridas reais ajudará a validar os seus mais recentes conceitos. “No calor da competição real, os pilotos, muitas vezes, forçam mais e durante mais tempo do que numa sessão de testes controlada. Isso vai  permitir ter conhecimento sobre a performance dos novos pneus num genuíno ambiente de corridas, e aferir os nossos pneus de teste por comparação tanto com a atual gama Dunlop de competição como com os nossos concorrentes”, acrescentou Stephen Bickley, responsável pelo departamento de engenharia de competição da Dunlop Europe.

A estreia em público da equipa de testes da Dunlop terá lugar no campeonato italiano CIV de Superbike, em Imola, já este fim de semana. A Dunlop Yamaha será pilotada por Julien da Costa. O antigo Campeão do Mundo de Resistência.

Da Costa tem feito parte integrante da equipa de testes da Dunlop, trabalhando ao lado de outros campeões, como o Campeão do Mundo de 125GP, Nico Terol.

“Para testar os nossos pneus de desenvolvimento ao máximo necessitamos de pilotos de classe mundial. Temos a felicidade de contar com um elenco de pilotos verdadeiramente de elite, que nos garantem a experiência e o feedback de que necessitamos para desenvolver”, conclui Wim Van Achter.

 

Comentários

Veja mais