MotoGP: Yamaha pede desculpas a Rossi e Viñales

  • Redação Autoportal
Maverick Viñales e Valentino Rossi - GP França
Maverick Viñales e Valentino Rossi - GP França

Kouji Tsuya, diretor técnico da Yamaha no MotoGP, pediu este sábado desculpas aos seus pilotos pelo baixo rendimento apresentado na Áustria pelas motos da equipa nipónica.

A Yamaha não vence uma corrida desde o GP da Holanda de 2017 e de lá para cá, Valentino Rossi e Maverick Viñales tem vivido uma autentico pesadelo.

Em conversa com os jornalistas em Spielberg, no final da Qualificação para o GP da Áustria, Kouji Tsuya, explicou que  Rossi e Viñales “tiveram problemas de velocidade com as suas motos, devido a alguns problemas com alguns sensores da M1, Por isso queremos pedir desculpas aos nossos pilotos pelo mau desempenho da moto nesta pista e esperamos resolver o problema em breve”, afirmou o diretor técnico da Yamaha.

Após o pedido de desculpas de Tsuya, foi a vez de Valentino Rossi lembrar que estava à espera de sofrer em Red Bull Ring “mas a verdade é que esperava sofrer menos. Também tive algum azar já que os tempos para a Q2 ficaram decididos logo nos TL1, em que sofri um problema com o motor da moto ", afirmou o piloto italiano.

Valentino Rossi não perdeu a oportunidade para lembrar que tem vindo a alertar para a situação há algum tempo. "Eu tenho dito há mais de um ano que é preciso melhorar. Quando cheguei à Yamaha, a equipa estava pior. Mas reagiram e investiram muito dinheiro em pessoas e no projeto, e em 2005 estive aos comandos da melhor Yamaha que tive até hoje. Agora temos que fazer o mesmo”, acrescentou o nove vezes campeão do mundo.

Já quanto ao pedido de desculpas da Yamaha, Valentino Rossi mostrou-se sensibilizado. "Agradeço à Yamaha por este pedido de desculpas, mas o importante é que a marca consiga reagir. A Ducati e a Honda já passaram por esta situação há muito tempo", sublinhou o piloto italiano

Recorde-se que Valentino Rossi vai largar para o GP da Áustria de MotoGP do 14.º lugar da grelha de partida, enquanto Maverick Viñales vai ocupar a 11.ª posição.

Comentários

Veja mais