João Barbosa e Filipe Albuquerque vencem 6h de Watkins Glen

  • Luís Neves
Cadillac da Action Express Racing
Cadillac da Action Express Racing

Filipe Albuquerque e João Barbosa, juntamente com Christian Fittipaldi, levaram o Cadillac da Action Express Racing ao lugar mais alto do pódio mas 6h de Watkins Glen, prova pontuável para o Campeonato Norte Americano de Resistência e para a Taça Norte Americana de Resistência.

O trio luso-brasileiro saiu da terceira posição da grelha e manteve sempre o foco na vitória, o único resultado que satisfazia os desejos da equipa, já que chegar ao primeiro lugar do Campeonato era o objetivo.

“Foi uma corrida dura, muito disputada e onde nada foi dado como certo até ao cruzar da linha de meta”, começou por dizer Filipe Albuquerque, satisfeito por tudo aquilo que conseguiram fazer em pista. “Não tivemos problemas nenhuns, uma corrida isenta de erros. Soubemos arriscar na altura certa. Estou muito contente por finalmente ter terminado o enguiço dos segundos lugares. É a minha primeira vitória com a Action Express e estou feliz por ter ajudado a equipa a chegar ao primeiro lugar no campeonato”, referiu.

O piloto português viveu ainda uma peripécia curiosa, como o próprio revelou e de que poucos se aperceberam. “Quando o João cortou a linha de meta, eu estava ao volante do outro carro da equipa, porque também era piloto de reserva do carro 31 e fiz os últimos 30 minutos. E estava numa ansiedade pois ao mesmo tempo que queria fazer o meu trabalho estava sistematicamente a perguntar à equipa como estava o João. E foi uma alegria enorme quando soube que tínhamos ganho. Só tive tempo de terminar a corrida e ir a correr para o pódio. Foi uma situação peculiar mas ao mesmo tempo engraçada”, concluiu Filipe Albuquerque.

Comentários

Veja mais