OFICIAL: McLaren troca Honda pela Renault a partir de 2018

McLaren
McLaren

Está oficializado o que vinha sendo anunciado já há vários dias. A Honda vai deixar de ser a fornecedora de motores da equipa de Fórmula 1 da McLaren com a equipa britânica a acordar com a Renault o fornecimento de motores já a partir de 2018.

Em dois comunicados da McLaren está a oficialização do desfecho aguardado.

«O McLaren Technology Group e a Honda Motor Co. Ltd anunciam que vão cessar a sua parceria no Mundial de Formula 1 no final de 2017 por mútuo acordo. A equipa McLaren Honda Fórmula 1 continuará a competir no que falta dos campeonatos de Construtores e Pilotos de 2017», anunciou a marca de Woking num primeiro comunicado.

Numa segunda instância, a equipa britânica anunciou a nova parceria com a Renault para os próximos três anos.

«A Renautl Sport Racing e a McLaren Racing anunciam que chegaram a acordo uma parceria de fornecimento de motores para as épocas de 2018, 2019 e 2020. O acordo constará do fornecimentos de unidades de potência de Fórmula 1 pela Renault Sport Racing à McLaren estabelecendo uma relação de trabalho próxima com os técnicos e engenheiros da McLaren.»

Esta será a primeira vez que as duas marcas trabalharão em conjunto na F1.

«Para a McLaren Racing, o motivo desta parceria é evidente: a Renault demonstrou a sua capacidade para construir motores vencedores de campeonatos, para a sua equipa bem como para equipas clientes.»

«Para a Renault Sport Racing é a possibilidade de ter uma segunda equipa de topo da Fórmula 1 para garantir retorno na relação com o desenvolvimento do motor», acrescenta o comunicado.

Comentários

Veja mais