Félix da Costa pronto para a estreia nas 24H de Daytona

  • Redação Autoportal
Félix da Costa estreia-se em Daytona ao volante de um Oreca LMP2
Félix da Costa estreia-se em Daytona ao volante de um Oreca LMP2

António Félix da Costa já se encontra nos Estados Unidos, onde este fim-de-semana irá fazer a sua estreia absoluta numa das mais míticas corridas do mundo, as 24 Horas de Daytona, ao volante de um Oreca LMP2, inscrito pela equipa Jackie Chan DC Racing.

Numa das mais competitivas edições de sempre desta prova, estarão 50 carros inscritos no total, 20 deles na categoria principal (Prototype), onde Félix da Costa milita, 9 na GTLM e 21 na GTD.

Nos testes oficiais que tiveram lugar no início de Janeiro, os Cadillac parecem ser o carro a bater, tendo dominado os acontecimentos a seu bel-prazer, no entanto dentro dos carros LMP2 foi mesmo o carro número 78 de Félix da Costa, Ho-Pin Tung, Alex Brundle e Ferdinand Habsburg o mais rápido, antevendo-se portanto muita disputa pelos lugares cimeiros.

Para o piloto Português o essencial nesta prova será não cometer erros e estar fora de quaisquer penalizações, toques e saídas de pista. Félix da Costa sabe que mesmo não tendo o carro mais rápido da grelha, acredita ser capaz de surpreender a concorrência, com o fator regularidade.

"É uma estreia total para mim, no entanto pelo que vi nos testes que fizemos aqui em Daytona no início de janeiro, acredito que os quatro fazemos uma equipa rápida e coesa com o Oreca da Jackie Chan. Sabemos que há carros mais rápidos, principalmente os Cadillac, os Acura e os Nissan, mas numa corrida de 24 horas o mais importante mesmo é a regularidade. Muita coisa pode acontecer, portanto vamos procurar não cometer erros e no final pode ser que possamos estar em posição de surpreender", assumiu.

Em Daytona, Félix irá encontrar em pista grandes nomes do automobilismo, alguns deles da sua geração como Robin Frijns, Pipo Derani, Felix Rosenqvist, Lance Stroll, Felipe Nasr ou Lando Norris e outros mais velhos como Fernando Alonso, Christian Fittipaldi, Juan Pablo Montoya, Helio Castroneves, Ryan Hunter Reay, Paul di Resta ou Loic Duval.

Destaque ainda para a presença dos portugueses Pedro Lamy, João Barbosa, Filipe Albuquerque e Álvaro Parente.

 

Comentários

Veja mais