Testes F1: Giovinazzi bate recorde e asas de 2019 entram em pista

  • Redação Autoportal
Antonio Giovinazzi (Reuters)
Antonio Giovinazzi (Reuters)

Está cumprido o primeiro dia do último período de testes desta época da Fórmula 1 e Antonio Giovinazzi deu boa conta de si no Ferrari batendo o recorde do Hungaroring. O piloto de testes da Scuderia rodou em 1m15.648s tirando mais de meio segundo ao tempo conseguindo por Sebastian Vettel na terceira sessão de Treinos Livres do GP da Hungria do passado fim de semana.

Mas, além deste recorde, este primeiro dia ficou também marcado pela saída para a pista dos projetos para as novas asas dianteiras dos carros de 2019. Williams, Red Bull e Force India testaram os modelos de asa que pretende ser mais simples e mais larga do que atual.

Com a maioria dos pilotos titulares das equipas já de férias, os testes da F1 terminam nesta quarta-feira.

Tempos desta terça-feira:

1. Antonio Giovinazzi (Ferrari), 1m15.648s (96 voltas)

2. Marcus Ericsson (Sauber), +2.507s (95)

3. Brendon Hartley (Toro Rosso), +3.603s (126)

4. Lando Norris (McLaren), +3.646s (106)

5. George Russell (Mercedes), +4.113s (49)

6. Daniel Ricciardo (Red Bull), +4.206s (125)

7. Nicholas Latifi (Force India), +4.346s (103)

8. Nico Hulkenberg (Renault), +5.178s (63)

9. Oliver Rowland (Williams), 5.322s (65)

10. Sean Gelael (Toro Rosso), +5.803s (108)

Comentários

Veja mais