“Devia haver uma janela de transferências no MotoGP”

  • Redação Autoportal
| PC
Bradley Smith
Bradley Smith

Ainda não tendo começado a época 2018 do MotoGP e com tantas equipas já a pensarem nos pilotos para 2018, Bradley Smith acredita que a definição de uma janela de transferências, como há noutros desportos.

O exemplo de 12 pilotos a terminarem contrato no final desta temporada, como é referido pelo «Motorsport.com», deixa o piloto britânico a pensar que algo deve se feito.

“Se acreditarmos em alguns dos rumores no paddock, então o carrossel já começou a andar”, afirmou o piloto da KTM a respeito da dimensão que o tema ganha a esta distância: “Eu estava a falar com o Marc [Márquez] no voo de regresso da Malásia, tornou-se uma loucura.”

“Estar a falar disso agora sem sabermos o que está para vir no próximo ano” é algo que para Smith devia ser controlado: “Como que devia haver uma janela e depois devíamos começar a a falar durante essa janela. E seria quando se tomava decisões – não três anos antes decidindo logo o que se vai fazer nos próximos anos.”

Comentários

Veja mais