Fórmula E: Montreal cancela corridas

Formula E - Hong Kong (Reuters)
Formula E - Hong Kong (Reuters)

A Presidente da Câmara de Montreal, Valérie Plante, utilizou a rede social Twitter para anunciar o cancelamento da prova de Fórmula E na cidade canadiana, a última ronda do campeonato 2018 marcada para 28 e 29 de julho.

 

"Os cidadãos de Montreal deixaram claro que não podemos desperdiçar dinheiro em projetos mal planeados e que não vão ao encontro dos seus interesses”.

Valerie Plante, que foi eleita no mês passado, disse durante a campanha que queria que as corridas se mudassem para o Circuito Gilles Villeneuve, ou fossem anuladas.

Ora, uma fonte da Fórmula E garantiu que o Circuito Gilles Villeneuve não poderia ser uma opção porque, nas datas das corridas, estaria a ser submetido a trabalhos de requalificação para receber o GP do Canadá em F1 de 2019.

A competição reagiu às palavras de Plante através de um comunicado divulgado pela Reuters.

“Estamos muito surpreendidos e desapontados com a decisão unilateral e o anúncio da Presidente da Câmara de Montreal. Esta é claramente uma nova Presidente que deitou por terra o que o anterior fez. Embora exista um contrato, não faremos mais comentários nesta fase porque a situação está agora nas mãos de nossos advogados canadianos”.

A Fórmula E já teve que reprogramar uma das rondas, com a Punta del Este (Uruguai) a substituir São Paulo. Se Montreal não puder ser substituído, Nova Iorque assumirá a última ronda do campeonato a 14 e 15 de julho.

Comentários

Veja mais