Marc Coma espera que o Dakar regresse ao Chile

Marc Coma olha com entusiasmo para a 40.ª edição do rali Dakar
Marc Coma olha com entusiasmo para a 40.ª edição do rali Dakar. Diretor Desportivo do Dakar destaca "percurso mágico"

Marc Coma quer ver o Dakar passar novamente pelo Chile. O diretor desportivo da prova todo o terreno assumiu o desejo em entrevista à agência espanhola EFE.

“Todos gostaríamos de regressar ao Chile da mesma maneira como voltamos ao Peru nesta edição. Isso é muito claro”, garantiu Coma que confessou ainda ponderar a exploração de novos territórios.

“Penso mesmo que nos falta explorar o norte do Peru, que acredito que pode trazer desportivamente muito ao Dakar. Além disso é uma zona que nunca visitámos. Vamos ver como encaixa neste puzzle que é o trajeto da prova nos próximos anos”, explicou.

O cinco vezes campeão do Dakar, abordou ainda a dureza da prova deste ano. Para Coma, o nível de competitividade da 40.ª edição corresponde às expetativas e qualquer um pode vencer na categoria motos.

“A primeira semana de prova foi verdadeiramente mágica, como já esperávamos”, frisou.“Depois do abandono do Sam Sunderland, tudo ficou em aberto, com mudanças constantes de líder na classificação geral e diferenças pequenas entre os da frente. Desportivamente esta é uma situação fantástica para a prova”, afirmou o diretor desportivo.

Comentários

Veja mais