Rali da Letónia: despiste obriga Bruno Magalhães a desistir do sonho

Bruno Magalhães
Bruno Magalhães

Bruno Magalhães foi obrigado a desistir do Rali da Letónia depois de ter sofrido um acidente durante a prova, a última do campeonato europeu de ralis, em que lutava pelo título. O português da Skoda Fabia é segundo no campeonato e está a 24 pontos do polaco Kajetan Kajetanowicz, o que ainda o deixava sonhar com o título.

O acidente deu-se na sexta e penúltima especial deste sábado, na cidade de Liepaja 1, em 1,69 km: ao entrar numa curva com o piso totalmente coberto de água, o português perdeu o controlo do veículo e embateu com muita força numa árvore, ficando com o carro destruído.

"Estávamos a efetuar a super especial quando somos confrontados por uma barreira que não estava assinalada e nos força a entrar numa zona de muita água, em aquaplaning, e a embater numa árvore. O mesmo tinha acontecido momentos antes com outro adversário. O embate, causou-me algum desconforto, pelo que foi necessário uma ida ao hospital para certificar que está tudo bem", explicou Bruno Magalhães em declarações à sua assessoria de imprensa.

A prova ficou suspensa por algum tempo e depois regressou, para a última especial que faltava - novamente em plena Liepaja e com caraterísticas idênticas à anterior.

Kajetanowicz (Ford Fiesta) é terceiro e controla o rali e o campeonato. Hoje, esteve sempre em vantagem sobre Magalhães, que seguia no oitavo lugar, após o quinto troço cronometrado, o último que completou.
 

Comentários

Veja mais