MotoGP: acordo entre KTM e Tech 3 para 2019 é oficial

  • Redação Autoportal
| PC
Pol Espargaró
Pol Espargaró

Hervé Poncharal anunciou primeiro a separação da Tech 3 da Yamaha no final desta época.

Depois, neste domingo, o diretor da Tech 3 revelou que as bases para um novo acordo a partir de 2019 já estavam lançada – tudo apontando, como o Autoportal frisou, para que a fabricante escolhida fosse a KTM.

Nesta segunda-feira, a fabricante austríaca oficializou a nova parceria. A partir de 2019, a KTM terá no MotoGP duas motos na equipa de fábrica e outras duas com a equipa satélite Tech3 – a KTM estreou-se em 2017 na classe rainha.

“Estamos muito satisfeitos de unir forças com a Tech 3 no MotoGP em 2019. A equipa tem muitos anos de experiência e conseguiu muitos bons resultados neste campeonato. A sua estrutura profissional far-nos-á ainda mais fortes. Ter quatro KTM RC16 na grelha é também outro grande passo para nós, tanto para o desenvolvimento da nossa moto de MotoGP como para expandir a estrutura da KTM no paddock”, afirmou o diretor da KTM Motorsport, Pit Beirer, no site do MotoGP.

A Tech 3 Yamaha conta nesta época de 2018 com Johann Zarco e Hafizh Syahrin como pilotos no MotoGP – com o malaio no lugar do indisponível Jonas Folger.

A KTM tem Pol Espargaró e Bradley Smith como os dois pilotos que nesta época disputarão o Mundial de MotoGP.

A fabricante austríaca está presente nas três categorias do MotoGP com mais cinco motos no Moto 2 – classe na qual compete com a equipa KTM Ajo onde o português Miguel Oliveira é a principal figura – e mais de metade das motos na grelha do Moto3.

Comentários

Veja mais