24 Horas de Le Mans históricas com Alonso e Toyota a triunfarem

  • Redação Autoportal
Fernando Alonso com o Toyota #8 (Lusa)
Fernando Alonso com o Toyota #8 (Lusa)

Fernando Alonso e a Toyota entraram para a história do automobilismo ao vencerem a 86.ª edição das 24 Horas de Le Mans que se realizou neste fim de semana.

Foi a estreia do piloto espanhol na clássica corrida e Alonso entrou logo a ganhar dividindo o Toyota #8 com Kazuki Nakajima e Sébastien Buemi fazendo 388 voltas nas 24 horas.

A Toyota estreou-se a ganhar em Le Mans com uma dobradinha dos TSO50 Híbridos tendo o carro #7 de Kamui Kobayashi, Mike Conway e José Maria López ficado no segundo lugar a duas voltas do vencedor.

No último lugar do pódio ficou o Rebellion #3 de Mathias Beche, Thpmas Laurent e Gustavo Menezes, a 12 voltas.

Dos portugueses em prova – Pedro Lamy (nos GTE Am), Filie Albuquerque (LMP2) e António Félix da Costa (GTE Pro) –, nenhum deles terminou a corrida – bem como o carro da Algarve Pro Racing (nos LMP2).

Alonso junta-se ao clube dos pilotos que já venceram o GP do Mónaco de Fórmula 1 (2006 e 2007) e as 24 Horas de Le Mans: Tazio Nuvolari, Maurice Trintignant, Bruce McLaren e Jochen Rindt.

O piloto espanhol da equipa de F1 da McLaren procura vencer a Tripla Coroa, que fica completa com a vitória nas 500 Milhas de Indianápolis – que Alonso falhou no ano passado não chegando ao fim. Graham Hill é o único que venceu as três clássicas do automobilismo.

Depois da vitória nas Seis Horas de Spa-Francorchamps, em maio, a Toyota somou assim o segundo triunfo nas duas primeiras provas da super-época 2018/19 do Mundial de Endurance.

Comentários

Veja mais