24H Daytona: Alonso ainda à procura do ritmo perfeito

Fernando Alonso espera melhor resultado nas 24H Daytona
Fernando Alonso espera melhor resultado nas 24H Daytona

Fernando Alonso é um dos cabeças de cartaz das 24H de Daytona 2018, mas o piloto Fórmula 1 não saiu completamente satisfeito do teste de três dias (sexta, sábado e domingo). O espanhol até fez a volta mais rápida da Ligier da United Autosports na sessão de pré-classificação da prova de resistência, mas foi apenas o 12º mais rápido.

"Ainda há pequenas mudanças acontecendo e é o mesmo com o desempenho do carro", assumiu Alonso. "Precisamos encontrar mais ritmo e espero sermos mais competitivos quando voltarmos para a corrida", atirou.

Alonso confessou que a grande prioridade para o fim de semana era dividir o carro com os companheiros de equipa Lando Norris e Phil Hanson. Uma tarefa que acabou por não ser nada fácil.

"A quantidade de voltas não é enorme, mas é melhor do que nada e sinto-me mais preparado agora para a corrida, com certeza", disse. "Foi um bom fim de semana para trabalhar com os companheiros de equipa e entrar neste modo de partilha, adaptação e compromisso entre todos nós para sermos completamente felizes. Essa foi a principal prioridade para o fim de semana e foi o que conseguimos”, explicou Alonso que ainda assim mostrou-se surpreendido com o que viveu nos três dias de testes.

"Provavelmente a maior surpresa foi o pouco tempo que passei no carro. As sessões não foram muito longas e ao partilhar o carro perde-se um pouco tempo nas mudanças de pilotos, nas mudanças de set-up e isso resulta em poucas voltas. Essa foi talvez a surpresa e o que faltou neste fim de semana, mas acho que isso faz parte do jogo e na prova vamos acumular voltas suficientes com certeza", garantiu.

Quanto ao facto de lidar com uma grande quantidade de carros em pista e as corridas noturnas, Alonso esperava mais complicações.

"A diferença não foi grande. Também há corridas noturnas na Fórmula 1 (Bahrain, Singapura e Abu Dhabi). O circuito está bem iluminado aqui, por isso não houve grandes problemas”, frisou. "O mesmo com trânsito na pista. Sempre há alguns momentos e alguns riscos quando se ultrapassam carros aqui ou ali, mas isso é normal e todos terão de lidar com isso, não só nós os novatos. Portanto, é algo que devemos estar preparados para a corrida também", frisou.

 

Comentários

Veja mais