F1: Alonso aponta aos pódios com o novo McLaren

  • Redação Autoportal
| PC
Fernando Alonso
Fernando Alonso. TORU HANAI/REUTERS

Fernando Alonso assume que “é sempre difícil prever” resultados quando lhe pedem para antever 2018, pois “isto é a Fórmula 1, não é matemática”. ”Tudo pode acontecer”, afirma o espanhol apontando a McLaren aos pódios do próximo Mundial.

“Mesmo os favoritos, a Mercedes, não têm garantia de que em 2018 vão ser os mais rápidos”, frisou Alonso, numa citação do «Motorsport.com» onde garante que na Mclaren estão ““bastante otimistas”, pois sabem “o que a Red Bull está fazendo com a unidade de potência da Renault”.

Alonso explica que os carros de Daniel Ricciardo e Max Verstappen “talvez não sejam os mais rápidos na classificação”, mas que “são bastante rápidos na corrida”. “Eles estiveram em alguns pódios, ganharam duas ou três corridas, então, com esse tipo de resultados, acho que ficaremos muito felizes se estivermos na luta e se pudermos provar o champanhe de novo", avançou.

Comentários

Veja mais