F1: Sebastian Vettel não se identifica com a Fórmula E

Sebastian Vettel - Ferrari
Sebastian Vettel - Ferrari

A Fórmula E está em crescimento e têm sido cada vez mais as construtoras interessadas na competição 100% elétrica.

O interesse pode acumular entre as marcas, mas há pilotos que mostram alguma resistência. Sebastian Vettel é um deles. O alemão considera que, em termos desportivos, a Fórmula E deixa muito a desejar.

“Para mim, esse não é o futuro”, admitiu Vettel em entrevista ao jornal suíço Blick.“A mobilidade elétrica é atualmente muito popular no mundo, mas qualquer um que seja honesto e se identifique com o automobilismo não pensa muito na Fórmula E", garantiu.

Fica assim esclarecido de que não será tão cedo que veremos Vettel ao volante de um Fórmula E. A modalidade é ainda recente (nasceu em 2014) e depende de vários fatores como a evolução das baterias.

“Os carros não são muito rápidos e muitos pilotos que competem atualmente naquele campeonato, dizem-me que a pilotagem não é muito empolgante”, confessou o piloto da Ferrari.

A Fórmula E iniciou no início do mês a quarta temporada em Hong Kong e conta atualmente com várias equipas como Renault/Nissan, Audi, Porsche, Mercedes ou Jaguar e poderá no futuro receber a Maserati.

Comentários

Veja mais