F1:Toto Wolff quer mais concorrência na Mercedes

Toto Wolff - Mercedes
Toto Wolff - Mercedes

Desde a saída de Nico Rosberg que o ambiente na Mercedes melhorou consideravelmente, muito graças à ausência de tensão entre o piloto alemão e Lewis Hamilton. O tetracampeão britânico admitiu que a atmosfera tóxica prejudicou a equipa e principalmente a interação entre engenheiros e mecânicos e que tal desapareceu por completo durante a temporada 2017.

Ora, Toto Wolff sente falta da “tensão” que existia entre os pilotos. Para o chefe da equipa, esse ‘ingrediente’ motivaria Hamilton e Valtteri Bottas serem ainda melhores.

“Não acho que temos de evitar uma situação de tensão. Precisamos reconhecer que, se dois companheiros de equipa puderem lutar por vitórias e pelo título, isso será uma rivalidade”, revelou o austríaco.

“Não estamos a tentar construir uma nova família. Queremos ser a equipa mais eficiente, e uma equipa eficiente requer stress, tensão, perturbação, assim como precisa de calma e uma mentalidade positiva”, admitiu Wolff, reconhecendo que não é fácil ter o melhor de dois mundos.

“Como tudo na vida, queremos uma mistura dos dois. Provavelmente é a receita para o sucesso", concluiu.

Comentários

Veja mais