F1: Vettel desvaloriza falta de ultrapassagens

Lewis Hamilton e Sebastian Vettel
Lewis Hamilton e Sebastian Vettel

Os dados revelados pela Pirelli não deixam margem para dúvidas: em 2017 registaram-se 435 ultrapassagens na Fórmula 1, contra 866 em 2016. Trata-se de uma queda de 49% em relação ao ano anterior, que contou com apenas mais um Grande Prémio.

O facto não passou ao lado dos adeptos incondicionais da F1 e até alguns pilotos que notaram a falta de emoção nas corridas. Mas há quem desvalorize essa realidade como Sebastian Vettel.

“Gostaria de que no próximo ano as pessoas se acalmassem”, disse o piloto Ferrari. “Algumas corridas são aborrecidas, e então? Não vejo qualquer problema nisso”, assegurou.

Para Vettel, as ultrapassagens não são necessariamente fundamentais para tornar uma corrida F1 interessante. Além disso, não devem ser tomadas como um dado adquirido.  

“A ultrapassagem deve ser conquistada e não entregue”, frisou. "Às vezes, é preciso relaxar e acalmar e aceitar uma ou duas corridas aborrecidas seguidas e depois haverá outra ótima prova e por aí adiante”, explicou.

Lewis Hamilton é um dos pilotos que mais reclama por mudanças na Fórmula 1. Em prol do espetáculo, o tetracampeão britânico quer mais ultrapassagens.

"Sobre a corrida, espero que avancem nessa área", explicou Hamilton."Não para que seja mais fácil, mas para que possamos perseguir o carro da frente e isso é o desporto realmente precisa. Quanto mais ultrapassagens, mais divertido será para o público”, garantiu.

Comentários

Veja mais