GP do México: Alonso recebe novo motor

Fernando Alonso
Fernando Alonso

O GP dos Estados Unidos estava a correr relativamente bem para Fernando Alonso até ao momento em que o motor do seu Honda McLaren perder potência. Foi mais tarde foi diagnosticada uma insuficiência num dos geradores e o espanhol teve que retirar-se da corrida.

A Honda tinha uma atualização do motor pronta para Austin, mas apenas Stoffel Vandoorne pode usufrui-la porque precisava de uma troca de propulsor. O belga acabou por ser penalizado.

A equipa tinha esperanças que Alonso pudesse levar sua unidade atual até o final da temporada, mas tal não se confirmou.

Em declarações ao site Motorsport.com, o chefe da Honda F1, Yusuke Hasegawa lamentou o que aconteceu ao seus pilotos em Austin: a falha do motor de Alonso e as penalidades recebidas por Vandoorne.

"Tivemos um rendimento razoavelmente bom para marcar pontos. Se não tivéssemos tido o problema, Alonso teria conseguido. Poderíamos ter sido sexto ou sétimo. E se Vandoorne tivesse largado em 14º, também teria marcado pontos."

Talvez no México as coisas corram melhor para a Honda e sobretudo para Alonso que soma já dez abandonos.

Comentários

Veja mais