Hamilton garante Mercedes feliz sem Rosberg

Hamilton feliz com saída e Rosberg
Hamilton feliz com saída e Rosberg

Lewis Hamilton é um homem feliz e não é preciso analisar o seu percurso em 2017 para constatar esse facto lógico.
A três rondas do final do campeonato, o piloto Mercedes está a um passo do seu quarto título mundial com uma vantagem de 66 pontos para Sebastian Vettel (Ferrari).

O segredo para o seu percurso quase imaculado? A saída de Nico Rosberg e...uma dieta.

"Os membros da equipa poderão dizer como era a dinâmica, e com certeza não posso dizer que o ano passado foi ótimo", afirmou o piloto quando questionado sobre a influencia que a sua rivalidade com Nico Rosberg tinha no ambiente vivido da Mercedes.

A forte concorrência com Nico Rosberg criou atrito dentro da própria Mercedes. Contudo, as coisas mudaram em 2017 e muito por iniciativa do britânico que fez questão de conversar com o chefe de equipa Toto Wolff, assim como o restante staff.

"Quando há dois pilotos fortes na equipa, como nós tínhamos... bem, quando a batalha está dentro da própria equipa, é como ter um furacão preso na sala. Agora a dinâmica é muito mais feliz."

Novo estilo de vida

Um dos fatores que contribuiu para a “felicidade” de Hamilton foi o veganismo O piloto admite que se sente “fisicamente e mentalmente melhor” desde que cortou nos alimentos de origem animal.

"A melhor decisão foi mudar para esta equipa, a segunda melhor foi mudar minha dieta, em Singapura”, confessou.“Senti-me forte mentalmente durante todo o ano, mas fisicamente dei um grande passo ao mudar a minha dieta.”

Comentários

Veja mais