Lewis Hamilton espera puxar mais pelo novo carro

Mercedes W09
Mercedes W09

Foi difícil puxar pelo desempenho puro dos novos monolugares durante a primeira sessão de testes de inverno de 2018. As baixas temperaturas que se fizeram sentir pela manhã e a chuva que caiu à tarde no Circuito da Catalunha, foram obstáculos de relevo para todas as equipas de Fórmula 1.

Na Mercedes, Valtteri Bottas conseguiu o melhor tempo da primeira sessão, terminando atrás de Daniel Ricciardo (Aston Martin Red Bull). O finlandês admitiu que não procurou atacar, estando sim com o foco na continuação do programa de desenvolvimento.

"A principal missão foi reunir dados aerodinâmicos, por isso corri em velocidades constantes", defendeu Bottas. "Também fiz algumas voltas para mim, mas esse tipo de condução foi muito limitado. Não levei o W09 até ao limite, ainda", justificou.

Lewis Hamilton teve ainda mais azar. O britânico assumiu o lugar de Bottas durante a tarde de segunda-feira e viu a sua performance limitada pela chuva.

"Era difícil colocar os pneus na temperatura certa. Não estava a resultar", revelou. "Realmente não tive a oportunidade de puxar pelo carro e atingir velocidades significativas, porque as condições eram muito más. É difícil para mim dizer muito sobre o carro, porque não o conduzi por muito tempo, mas o sentimento inicial é bom", concluiu.

As temperaturas esta terça-feira não devem ajudar muito. No início desta manhã, os termómetros registavam zero graus.

 

Comentários

Veja mais