Testes F1: último dia para Raikkonen, Mercedes acima das mil voltas

  • Redação Autoportal
| PC
Kimi Raikkonen e Valtteri Bottas (Reuters)
Kimi Raikkonen e Valtteri Bottas (Reuters)

Kimi Raikkonen foi o piloto mais rápido nesta sexta-feira que fechou os testes de pré-época da Fórmula 1 no Circuito de Barcelona-Catalunha.

O finlandês da Ferrari sacou o tempo de 1.17.221 logo na sessão matinal e a marca manteve-se até ao final do dia – mas acabou por ficar abaixo do melhor tempo absoluto nesta última ronda de testes registado pelo companheiro de equipa, Sebastian Vettel.

No conjunto dos dois períodos de testes em Barcelona nesta e na semana que passou, a Mercedes cumpriu mais de um milhar de voltas com o W09 aproximando-se dos 5 mil quilómetros de rodagem com o carro nas mãos de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas.

Esta sexta-feira ficou também marcada por mais problemas com o McLaren, que fizeram Fernando Alonso perder a manhã devido a uma anomalia no turbo que obrigou à segunda troca de motor nestes quatro dias.

O Renault de Carlos Sainz Jr. também teve problemas matinais com a caixa de velocidade e o espanhol manteve-se no carro para a sessão da tarde em vez de Nico Hulkenberg.

E acabaram por ser os dois pilotos espanhóis que tiveram problemas com os carros de manhã que ameaçaram o tempo de Raikkonen. Ambos com os pneus hipermacios, Alonso ficou a apenas meio segundo do Ferrari e Sainz a 8 décimos.

Comentários

Veja mais