Vettel pode ser penalizado por danificar imagem da F1

  • Luís Neves
GP do Azerbaijão
GP do Azerbaijão

Terramoto à vista na Fórmula 1. Jean Todt, presidente da FIA, quer evitar que o momento de raiva de Sebastian Vettel no GP do Azerbaijão caia no esquecimento. O francês já o tinha avisado de consequências severas em caso de reincidência no último GP do México, quando insultou gratuitamente o diretor de corridas da FIA, Charlie Whiting.

Todt não aceita o leve castigo atribuído pelos comissários no Grande Prémio do Azerbaijão, de uma paragem de dez segundos e três pontos na superlicença, e pretende que o piloto da Ferrari sirva de exemplo pela atitude.

Por isso, segundo a alemã “Auto Motor and sport” o presidente da FIA quer que Vettel seja acusado de danificar a imagem da FIA e da Fórmula 1 (artigo 12.1.1. do Código Desportivo Internacional).

A própria FIA já confirmou oficialmente a abertura de uma investigação para voltar a “examinar as causas do incidente e avaliar se exige novas ações”. A reunião terá lugar na próxima segunda-feira, 3 de junho.

Quanto a possíveis castigos, o tetracampeão do mundo enfrenta uma possível penalização muito grave que pode ir desde uma multa à desclassificação do Mundial de 2017, passando pela suspensão de um a mais Grandes Prémios.

Comentários

Veja mais