“Não há um piloto dos EUA pronto para a F1”

| PC
Kevin Magnussen
Kevin Magnussen
partilha

A caminho da terceira época na Fórmula 1, a equipa do norte-americano Gene Haas ainda não pensa trazer um piloto do Estados Unidos para o Grande Circo. A razão para que a Haas não aposte ainda num piloto da mesma nacionalidade do seu dono é porque não encontrou ainda qualidade suficiente.

O diretor da Haas, Guenther Steiner, assumiu que contratar um piloto norte-americano não faz nesta altura parte dos planos. “Estará no topo da lista se tivermos um bom piloto. Obviamente, queremos um”, reconheceu Steiner ao «Motorsport.com», mas o italiano frisou que “apenas ter um piloto americano que talvez não possa competir num certo nível talvez não seja bom para o desporto”.

O diretor da Haas não esconde que ter um piloto dos EUA na equipa é uma "ambição", mas deixa também a sua “opinião” quanto ao presente: “Neste momento, não há ninguém dos Estados Unidos pronto para a F1.”

Comentários

Veja mais