12H Sebring: Barbosa e Albuquerque ficam pelo 16.º lugar

  • Redação Autoportal
Filipe Albuquerque - 24H Daytona 2018
Filipe Albuquerque - 24H Daytona 2018

João Barbosa e Filipe Albuquerque, com o brasileiro Christian Fittipaldi, não conseguiram melhor do que o 16.º lugar nas 12 Horas de Sebring, segunda prova do campeonato norte-Americano de resistência (IMSA).

O Cadillac DPi dos dois portugueses corria na luta pelos lugares do pódio, mas durante a oitava hora de prova, como relata a Lusa, Barbosa envolveu-se num acidente com outro carro junto à reta da meta, o que obrigou a uma paragem de 20 voltas para reparar os estragos.

Mesmo assim, o trio da Action Expressa Racing regressou à corrida, mas não passou do 16.º posto, numa prova que foi ganha pelo Nissan da equipa Tequila Patron ESM de Johannes van Overbeek, Pipo Derani e Nicolas Lapierre.

“As coisas estavam a compor-se, mas, depois, estivemos envolvidos em alguns toques e o último foi decisivo para este resultado. Um adversário cortou completamente a trajetória do João e envolveram-se num toque que danificou consideravelmente o Cadillac. A equipa fez o que pôde para voltarmos à pista, mas já não podíamos fazer grande coisa, a não ser levar o carro até ao final”, disse Filipe Albuquerque.

Na classe GTD, Álvaro Parente (Acura), que faz equipa com Katherine Legge e Trent Hindman, terminou na oitava posição, enquanto Pedro Lamy (Ferrari) ficou no 12.º postocom Paul Dalla Lana, Mathias Lauda e Daniel Serra.

“Partimos da pole-position e estávamos preparados para uma corrida competitiva. Infelizmente, o incidente que sofremos logo no início da prova fez-nos perder muitos lugares e impediu-nos de lutar pelas primeiras posições. O resultado ficou muito aquém das nossas expectativas”, afirmou Pedro Lamy.

A terceira ronda do IMSA está agendada para 14 de abril, em Long Beach.

Comentários

Veja mais