GP do Japão: há uma Yamaha na pole-position e é a de Zarco

Johann Zarco
Johann Zarco

Johann Zarco conquistou a pole-position para o GP do Japão de MotoGP aproveitando da melhor forma a aposta de quem se manteve fiel aos pneus de chuva numa Qualificação em que a pista de Motegi já não estava encharcada – mas que ainda não convidava aos slicks...

Os Treinos da manhã no Japão (madrugada em Portugal) tiveram a marca da chuva – com Maverick Vinãles a voltar a sofrer com as condições de pista molhada e a ficar remetido à Q1 – e que, mesmo tendo parado para as sessões decisivas, acabou por ser uma condicionante mais do que a curto prazo.

As Yamaha oficiais voltaram a ter dificuldades e Viñales nem sequer passou à Q2 (ficando pelo 14.º lugar final). Valentino Rossi ainda melhorou, mas não se chegando perto dos mais rápidos do dia anterior – que se mantiveram à sua frente com os tempos da véspera antes da Qualificação.

O italiano foi o primeiro a arriscar quando surgia uma linha seca na pista de Motegi e surpreendeu quando saiu para a Q2 logo com slicks. Mas a aposta não compensou. E o retomar dos pneus de chuva teve de acontecer – acabando em 12.º a mais de quatro segundos da pole...

Marc Márquez fez também, por essa altura, a experiência com os slick, quando liderava a tabela de tempos. Mas também o piloto da Honda acabou por pagar o preço de deixar os pneus de chuva.

Num final de Qualificação intenso com condições intermédias em direção ao piso seco, Zarco tirou o melhor partido da fidelidade aos pneus de chuva arrancando a melhor volta em cima da bandeira de xadrez deixando os adversários sem resposta. E acabou por ser uma Yamaha coma pole-position no Japão, mas, no caso, a M1 de 2016 da equipa satélite Tech 3.

Danilo Petrucci (Pramac Ducati) foi o segundo mais rápido na Qualificação deste sábado e Márquez teve se se contentar com o último lugar da primeira fila da grelha. A melhor notícia para o campeão do mundo foi que Andrea Dovizioso não conseguiu melhor do que o nono lugar à partida.

Qualificação para o GP do Japão (MotoGP):

1. Johann Zarco (Tech 3 Yamaha), +1'53.469s

2. Danilo Petrucci (Pramac Ducati), +0.318s

3. Marc Márquez (Honda), + 0.434s

4. Aleix Espargaró (Aprilia), +0.478s

5. Jorge Lorenzo (Ducati), +0.766s

6. Dani Pedrosa (Honda), +0.873s

7. Bradley Smith (KTM), +1.403s

8. Pol Espargaró (KTM), + 1.437s

9. Andrea Dovizioso (Ducati), +1.595s

10. Alex Rins (Suzuki), +2.014s

11. Andrea Iannone (Suzuki), +2.148s

12. Valentino Rossi (Yamaha), +4.317s

(...)

Comentários

Veja mais