GP do Bahrain: Ferrari estão meio segundo à frente dos Mercedes

  • Redação Autoportal
Kimi Raikkonen e Valtteri Bottas (Reuters)
Kimi Raikkonen e Valtteri Bottas (Reuters)

O primeiro dia de Treinos Livres para o GP do Bahrain de Fórmula 1 terminou com os Ferrari a deixarem os Mercedes a meio segundo de distância na segunda sessão do dia; ronda que terminou com os tempos mais rápidos desta sexta-feira.

Kimi Raikkonen acabou 11 milésimos à frente de Sebastian Vettel, mas acabou também a sessão mais cedo do que o previsto após uma roda mal apertada ter obrigado o Ferrari a parar e custado à equipa italiana uma multa de 5 mil euros.

Se na sessão da manhã o Red Bull de Daniel Ricciardo tinha mostrado as garras com o melhor tempo (sendo seguido por Valtteri Bottas), quando a noite caiu no Bahrain e os pilotos rodaram com temperaturas mais baixas, os Ferrari brilharam com os supermacios sob as luzes do Circuito de Sakhir.

Bottas voltou a ser o melhor Mercedes e o campeão do mundo, Lewis Hamilton, não foi além do quarto lugar dos TL2, a 6 décimos de Raikkonen.

A terceira linha de tempos marcou mais uma divisão significativa de final deste primeiros dia, pois os Red Bull de Max Verstappen e de Daniel Ricciardo ficaram quase a 1 segundos dos Ferrari.

O primeiro piloto que não das três equipas mais fortes foi Nicio Hulkenberg, com o Renault do alemão a ficar já a 1.4 segundos de Raikkonen.

GP do Bahrain de F1: tempos dos TL2

Os tempos dos TL1 foram estes:

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais