Hamilton tira o sorriso a Vettel em plena conferência de imprensa

  • Redação Autoportal
Vettel, Hamilton e Raikkonen (Lusa)
Vettel, Hamilton e Raikkonen (Lusa)

Lewis Hamilton conquistou a pole-position para o GP da Austrália de Fórmula 1 com a volta mais rápida de sempre em Albert Park e questão do «modo de festa» ou do «botão milagroso» com que se costuma referir a superioridade que os Mercedes conseguem exibir na Qualificação voltou à conversa.

O campeão do mundo fez questão de dizer que não usou qualquer «modo» especial nessa volta ou que fosse diferente do usado na restante qualificação e que não dispõe no Mercedes do tal «botão milagroso» que coloca os carros da equipa alemã num patamar superior quando só é preciso fazer um conjunto reduzido de voltas.

“Nessa volta estava no mesmo modo que na volta anterior –tratou-se de colocar os pneus na temperatura ideal e fazer bem os setores. Tinha bons setores antes, mas tratava-se de juntá-los”, afirmou Hamilton negando qualquer «botão»: “Posso garantir-vos que não tenho qualquer ‘modo de festa’. Utilizei o mesmo modo desde a Q2 até ao final da Q3. Não houve botão extra, ou modo extra que eu tenha acionado.”

Foi então aí que o ar sério de Hamilton foi acompanhado pelo sorriso de Sebastian Vettel; que foi depois ultrapassado pelo sorrido do inglês; deixando o alemão da Ferrari sem vontade de rir (a não ser com um ‘sorriso amarelo’ que uma garrafa de água ajudou a disfarçar); ficando Hamilton a rir quase por último, não fosse o seu riso ter sido repetido pela sala...

Estava o inglês a terminar as garantias de que não tem «botões extra» e estava no mesmo «modo» de antes quando Vettel entrou na conversa para perguntar: “Então, o que e que estavas a fazer antes?” Hamilton não o deixou sem resposta e disse, ente risos: “Estava à espera de fazer uma volta boa, de tirar-te sorriso da cara.”

Como pode ver nesta parte da conferencia de imprensa reproduzida pela Fórmula 1:

VEJA TAMBÉM:

Comentários

Veja mais