MotoGP: diretor da Honda deixa equipa campeã do mundo

Marc Márquez e Dani Pedrosa (Lusa)
Marc Márquez e Dani Pedrosa (Lusa)
partilha

Livio Suppo vai abandonar o cargo de diretor da equipa Honda de MotoGP.

O italiano de 53 anos juntou-se à Honda Racing Corporation (HRC) em 2010 vindo da Ducati para ser diretor de comunicação e de marketing. A partir de 2013 passou a acumular o cargo com as funções de diretor da equipa de MotoGP.

Com cinco títulos mundiais de Pilotos na sua passagem pela Honda, Suppo deixa a equipa depois de um ano em que a casa japonesa venceu com Marc Márquez e também nos campeonatos de Equipas e Construtores.

“No final do dia, pensei que a decisão certa era sair. Ainda tenho um ano de contrato com a HRC, mas nesta altura a HRC tem tudo sob controlo para o próximo ano: pilotos e patrocinadores estão sob contratos, por isso, a maior parte do meu trabalho para o próximo ano está feito.”

Nesta conferência de imprensa dada nesta segunda-feira em Valência, como relata o «Motorsport.com», Suppo não só revelou querer seguir outro caminho como fazê-lo na altura indicada para todos: “Dentro de mim, eu queria mudar de vida, por isso preferi fazê-lo agora para permitir à HRC organizar-se e planear o futuro.”

Comentários

Veja mais