Márquez confessa que a polémica lhe deu “uma motivação especial”

  • Redação Autoportal
Marc Márquez (Lusa)
Marc Márquez (Lusa)

Marc Márquez confessou que a polémica trazida desde o GP da Argentina para o coração do MotoGP com ele no centro lhe deu uma motivação especial para a corrida deste domingo - que venceu de forma incontestável.

“Não posso mentir. Tinha uma motivação especial, uma pressão especial [nesta] corrida”, confessou Márquez à «BT Sport» de acordo com uma citação do «Motorsport.com».

O piloto da Honda reconheceu também que o GP das Américas foi ganho de uma forma diferente da (sua) habitual: “Nunca tive uma corrida deste tipo, a liderar da primeira à última volta e a puxar até ao fim.” “Eu esperei sempre um pouco e ataquei no fim”, admitiu o espanhol.

“Hoje eu senti-me assim: vou simplesmente. Eu tinha o andamento, a corrida era longa, nas últimas quatro ou cinco voltas já estava a pensar no jantar, porque era tão longa e o circuito é tão difícil”, disse o espanhol de forma descontraída.

Mas, “à parte as piadas”, Márquez assume que “foi um fim de semana importante”. “Trabalhámos muito, foi uma motivação especial”, reafirmou o campeão do mundo.

Comentários

Veja mais