Márquez: “Será natural sentir pressão”

Marc Márquez - São Marino
Marc Márquez - São Marino

Marc Márquez é o piloto mais bem colocado para carimbar o título mundial de MotoGP que se decide neste fim de semana em Valência, na última corrida da temporada. E mesmo sendo o favorito e o campeão em título não deixa de reconhecer a pressão do momento.

“É claro que será natural sentir alguma pressão em Valência com tanto em jogo, mas, honestamente, tem havido pressão durante toda a segunda parte da época”, afirmou o espanhol citado pelo «Crash.net».

O piloto da Honda destacou, porém, que o facto de a equipa ter conseguido “resolver algumas situações complicadas, como foi o caso na última corrida na Malásia”, lhe transmite um “sentimento positivo” em relação a uma pista no sentido contrário aos ponteiros do relógio e onde “normalmente” ele se dá “bem”.

Márquez tem uma vantagem de 21 pontos sobre Andrea Dovizioso e enquanto o piloto italiano da Ducati precisa de ganhar, ao campeão do mundo basta ficar em 11.º para segurar o cetro e ganhar o quinto título – terceiro seguido.

“É claro que também é bom ter uma vantagem pontual para gerir. Dito isto, não pensamos muito nessas coisas. Garantidamente, não pensamos que será fácil, por isso não vamos para Valência com excesso de confiança”, assumiu Márquez.

A atitude será a de sair na frente logo no arranque do fim de semana: “Vamos manter a mesma mentalidade e método de trabalho que nos trouxe até onde estamos e daremos cem por cento porque será importante ser rápido logo nos primeiros treinos livres.”

Comentários

Veja mais