Viñales: "O campeonato ficou agora mais complicado"

Maverick Viñales e Valentino Rossi - GP França
Maverick Viñales e Valentino Rossi - GP França

Com três vitórias no início desta época e depois de ter conseguido assegurar um lugar na pole position em Aragão, Maverick Viñales não conseguiu corresponder à expectativas e terminou a etapa do MotoGP deste domingo em quarto lugar, depois de um início de prova bastante lento.

Márquez vence MotoGP em Aragão

O piloto de 22 anos optou por escolher um pneu traseiro duro para esta prova, depois da chuva de sexta-feira. No entanto, esta opção rapidamente se revelou ser inadequada, com o espanhol a cair para quinto lugar ao fim de apenas uma volta: Jorge Lorenzo, Valentino Rossi, Marc Márquez e Andrea Dovizioso rapidamente se destacaram na frente, com o espanhol a mostrar-se impotente para acompanhá-los.

Viñales conseguiu recuperar o atraso e esteve até ao fim a competir com o companheiro de equipa Valentino Rossi, mas vê agora a conquista do campeonato ainda mais complicada. Com Marquez a terminar a corrida na primeira posição e Viñales a conseguir 13 pontos, o corredor está agora a 28 pontos do compatriota quando faltam apenas quatro corridas.

"Vai ser mais complicado. Acordei com o objetivo de vencer, mas quando vemos os nossos adversários conseguirem uma vantagem logo de início e, mesmo correndo a 200%, não consegues reduzir a diferença...". lamentou. "O campeonato ficou agora mais complicado, porque temos de melhorar a mota. Em termos de tração, estamos a perder muito, mas a parte da frente está a funcionar muito bem. Temos de melhorar a traseira".

Quanto à "competição" com Rossi no final da corrida, Viñales desvalorizou o facto de o companheiro de equipa não o ter deixado passar sem oposição: "O Valentino estava a bloquear-me, mas ele também estava mais rápido no final. Foi uma boa luta entre os dois, mas eu só podia tentar ultrapassá-lo nas travagens porque não tinha tração suficiente."

Comentários

Veja mais