F1: Verstappen defende painel fixo de comissários

Max Verstappen - GP do México (Lusa)
Max Verstappen - GP do México (Lusa)

Max Verstappen concorda com a ideia de que os comissários dos grandes prémios de Fórmula 1 sejam os mesmos em todas a corridas.

A sugestão foi feita pelo antigo piloto Arie Luyendyk, que há duas épocas é comissário a tempo inteiro na IndyCar.

Ou seja, na IndyCar há um painel fixo de comissários para todas as corridas – Luyendyk cumpre essa função com outros dois elementos e o quarto é o Diretor das Corridas.

Verstappen apoia essa ideia de constância entre as opiniões de quem julga o comportamento dos pilotos nas corridas: “Penso que, no fim de contas, sim, seria melhor.”

A questão da eventualidade de diferenças de avaliação por parte dos vários comissários está na ordem do dia depois da penalização que piloto holandês da Red Bull foi sujeito no GP dos EUA.

Verstappen ultrapassou Kimi Raikkonen excedendo os limites dos corretores e esse ganho de vantagem foi castigado atirando o holandês do terceiro para o quarto lugar da classificação.

A polémica aumentou quando outros pilotos que também excederam esses limites não receberam qualquer penalização.

Verstappen concorda com os mesmo painel de comissários nas várias corridas porque, “pelo menos, sabe-se com quem é que se está a trabalhar”. “Eles começam a compreender o piloto um pouco melhor porque se partilha mais momentos, porque estamos mais corridas juntos», considerou o holandês à «NBC Sports»: “Penso sinceramente que temos de ir nessa direção.”

Comentários

Veja mais