Verstappen e o acidente: «Não foi um incidente de corrida»

Max Verstappen e Kimi Raikkonen
Max Verstappen e Kimi Raikkonen

O acidente que deixou os dois Ferrari e o Red Bull de Max Verstappen fora de prova logo após a partida do GP de Singapura foi declarado pelos Comissários com um incidente de corrida sem responsáveis. Mas o holandês manifestou opinião diferente.

«Não penso que foi um incidente de corrida. Acho que ambos os Ferrari calcularam mal o espaço que tinham de deixar na pista. Eu não podia mexer-me. Eles começaram a apertar-me com os pneus deles, por isso não podia fugir», afirmou Verstappen.

«Depois tivemos o acidente», disse o holandês mostrando compreensão para com Kimi Raikkonen: «Eu percebo… o Kimi ia também para um bom arranque e ia para a trajetória correta. Mas depois começou a apertar-me para a direita e depois o Sebastian [Vettel] veio de forma bastante agressiva para a esquerda – o que eu não percebo»

Verstappen explicou por que não conseguiu ter o mesmo entendimento para com VetteL. «Quando se está a lutar pelo campeonato e se tenta ser assim tão agressivo no início quando o Lewis [Hamilton] está atrás, tão confortável, acho que não é a ação mais inteligente para ter.»

«Mas no final estou satisfeito que os três tenhamos abandonado. Não fui só eu», afirmou o piloto da Red Bull.

Ferrari anulam-se e Hamilton sai de Singapura mais líder

Comentários

Veja mais