Verstappen: motor “Honda deixou de ser mais lento que o Renault”

  • Redação Autoportal
Carlos Sainz Jr. e Max Verstappen (Reuters)
Carlos Sainz Jr. e Max Verstappen (Reuters)

Max Verstappen confia que o motor Honda vai estar à altura das exigências quando em 2019 passar a equipar os carros da Red Bull e o holandês afirma que a fabricante japonesa já ultrapassou a Renault.

“Ainda falta meio ano e a Honda trabalhará muito nesse período. É melhor que haja provlemas agora do que no próximo ano, mas creio que deram grandes passos em frente. [O motor] Honda deixou de ser mais lento do que o Renault”, afirmou Verstappen numa citação do jornal «Marca».

A Honda deixou a McLaren em 2017 entrando no universo da Red Bull nesta época arrancand com a Toro Rosso. E o diretor da equipa satélite, Franz Tost, ta,bém garante que “o motor Honda não está tão mal como o pintaram”.

Comentários

Veja mais